QUATRO QUARTOS

Uma pequena mostra de decoração, em Vitória, reproduz quartos infantis em diferentes configurações e estilos. Tem para os irmãos que compartilham o mesmo ambiente, com tema de fundo mar, safari artesanal, multicolorido… Tudo montado na loja MINIHAUS, com seu acervo de móveis e acessórios de decoração.

Fotos: Camila Santos

Soluções sustentáveis, criativas e funcionais. Foi esse o mote da pequena mostra de decoração montada na MiniHaus, loja especializada em mobiliário e acessórios infantis, na Praia do Canto, em Vitória, Espírito Santo. Sete profissionais apresentaram ideias criativas e cheias de graça usando todos os produtos da loja, de berços e camas a enxoval, luminárias, papel de parede, tapetes e objetos.

As irmãs e empresárias Janaina e Nathalia Faria, à frente da loja, contam que quiseram privilegiar também o conforto e ideias para durar longos anos – um pedido muito comum hoje de pais aos arquitetos, na hora de fazer o projeto.

_ Quisemos reproduzir na mostra ambientes de verdade, atendendo as necessidades e desejos reais de pais e crianças. Fizemos, por exemplo, quartos compartilhados entre irmãos, sendo um bebê, pensando naquela situação típica da chegada do irmãozinho _ diz Janaina.

Safari Boho – Solana Marianelli e Italla Monti

Na vitrine, um quarto de bebê, assinado pelas arquitetas do Studio Anexo A, ganhou o tema “selva boho” com essência natural em alta, veja quantos detalhes artesanais! Aqui, o feito à mão é bem forte, e os animais também – tem leão, elefante, girafinha, sempre dentro da paleta de cores em tons terrosos, fugindo um pouco das cores vibrantes e muito óbvias. Nesse espaço, é possível perceber uma forte influência étnica por meio dos desenhos, do tapete e dos adornos decorativos.

Do Mar – Juliana Mattos e Rebeca Amazonas

Seguindo o conceito do consumo consciente e sustentabilidade, as arquitetas do escritório Amazonas Mattos quiseram chamar atenção para a importância dos cuidados com os mares e oceanos, como a diminuição do consumo de plástico e a preservação dos animais. A inspiração para as estampas foi o  ‘fundo do mar’, como uma vitrine azul, com direito a uma grande pintura de baleia (da arquiteta e urbanista Áyla Rovêda) e lençol da Mooui, marca referência da MiniHaus.

Dia de Plantar – Lais Arêas

O ponto de destaque desse quarto compartilhado é o papel de parede, que foi desenvolvido com inspiração na beleza dos jardins Europeus, por onde a arquiteta Laís Arêas passou e tirou as grandes referências. E ela apostou numa composição do floral na parte de cima da parede, com outra estampa embaixo, dividido por um rodameio. O mobiliário mescla a cor da madeira com preto, com um toque vintage.

Eco Color – Geórgia Mendonça

A arquiteta usou e abusou de composições de texturas e cores fortes, que deixaram o quartinho cheio de personalidade. Tem listras coloridas, parede amarela, casinha toda preta (onde fica o canto de estudo)… Enquanto o irmão maior ganhou uma cama tatame bem despojada e composição de quadros na parede, o bebê tem um berço leve ao lado da cômoda, que faz as vezes de trocador. E viu a bobina de papel na parede? Pra desenhar à vontade!

Por: Simone Raitzik e Isabela Caban para a revista online  Na Toca.